Engenharia de Alimentos - Desenvolvimento de Produtos

Conhecendo e entendendo o projeto de produtos alimentícios, as principais tecnologias e métodos de controle utilizados na elaboração desses produtos, o profissional irá aumentar sua competência técnica e seu potencial de crescimento na carreira.

Diferencial

Os módulos de atualização são ministrados por profissionais de mercado e acadêmicos altamente capacitados na área de alimentos. Os módulos com conteúdo prático, contam com uma grande infraestrutura de laboratórios didáticos, de pesquisas e de processamento em pequena escala no campus de São Caetano do Sul, que conta ainda com uma instalação semi-industrial capaz de simular a produção de diversos produtos, semelhante ao que fazem as indústrias de alimentos. O formato modular do curso permite a sua personalização de acordo com as necessidades e disponibilidade do participante que ainda terá a possibilidade de aplicar os conhecimentos e técnicas adquiridos no seu dia a dia de forma progressiva.

Público-Alvo

Profissionais que desejam adquirir, atualizar e/ou aprimorar conhecimentos necessários para o desenvolvimento de produtos na indústria de alimentos.

Ao concluir o programa, o profissional estará capacitado a:

  • identificar as necessidades da indústria de alimentos em relação ao desenvolvimento de novos produtos, legislação e/ou melhorias de processos;
  • planejar e gerenciar a execução de projetos relativos ao desenvolvimento de produtos e/ou assuntos regulatórios;
  • escolher e implantar as ferramentas de segurança e qualidade nas indústrias de alimentos;
  • interagir com a equipe técnica da cadeia produtiva de alimentos.
Mais Informações

Início do Curso
Março de 2020

Dias de Aula
Campus São Paulo - Módulo: Assuntos Regulatórios e Relações Governamentais - terças e quintas-feiras das 19h às 22h30
Campus São Caetano do Sul - Módulo: 
Desenvolvimento de Produtos na Indústria de Alimentos - sábados das 8h30 às 16h30

Investimento por módulo - Valores já atualizados para o ano de 2020
Matrícula
Os valores correspondentes aos descontos por períodos serão concedidos de acordo com a data de pagamento da taxa de Reserva
Mensalidades
5 parcelas de R$ 1.580,00

Até 18 de outubro R$ 1.280,00 
Até 20 de dezembro R$ 1.380,00 
Após 20 de dezembro R$ 1.580,00

DESCONTOS

Ex-aluno: 10%
Grupos (2 ou mais alunos): 10%
Associados da AEXAM (ex-alunos): 15%
Ex-aluno Mauá formado em 2018: 30%
Empresas conveniadas (a consultar)

Taxa de Reserva: R$280,00

O pagamento poderá ser efetuado por meio de boleto, cartão de débito ou crédito.
Na efetivação da matrícula essa Taxa de Reserva será deduzida do valor da matricula. Em caso de desistência da matrícula o valor da taxa de reserva não será devolvido e a retenção se faz necessária para pagamento das despesas administrativas relativas ao processo seletivo, conforme preconizado no Código de Defesa do Consumidor. Caso não haja número de alunos interessados para formação de turma, o valor correspondente à Taxa de Reserva será devolvido integralmente.

 

Coordenação

Rosamaria Da Ré

Doutora em Análise Sensorial e Mestre em Tecnologia de Cereais pela UNICAMP; Especialista em Administração USP; Diretora da RDR Consultoria; Docente e Coordenadora Programa de Pós-Graduação da Mauá; Conselheira da ABCS

Tatiana Guinoza Matuda

Engenheira de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas, Mestre e Doutora em Engenharia Química pela USP. MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Experiência na área de massas de pães congeladas e vendas de ingredientes para o mercado de panificação.

Tatiana Pires

Engenharia de Alimentos pela Mauá, Mestre e Doutora em Ciências de Alimentos pela USP. Diretora de Assuntos Regulatórios na DSM Nutritional Products para América Latina. Presidente da ABIAD.

 

Módulos do curso

Assuntos Regulatórios e Relações Governamentais

Assuntos Regulatórios e Relações Governamentais: um aliado estratégico

8 h

Discutir a importância do profissional das áreas de assuntos regulatórios e relações governamentais como aliado estratégico; perfis dos profissionais que atuam na indústria, setor regulado e entidades; discutir cases de sucesso.

Ferramentas de Gestão em Assuntos Regulatórios e Relações Governamentais

20 h

Análise de impacto regulatório; ferramentas de gestão;  Análise do risco regulatório (identificação, avaliação, mensuração, controle e gestão); articulação e estudos de caso.

Processo Regulatório Aplicado ao Desenvolvimento e Lançamento de Produtos

30 h

Diagnóstico regulatório; Elaboração e submissão de dossiês para aprovação de produtos e acompanhamento do processo de registro; regulamentações horizontais e específicas; Classificação de produtos segundo o grau de risco sanitário: registro x notificação; rotulagem, potenciais claims e propaganda de produtos sujeitos a vigilância sanitária; lançamento e manutenção do registro pós-aprovação; interações com a área da Qualidade (controle da qualidade, estudos de estabilidade e recall).

Regulamentação Sanitária Internacional

12 h

Conceitos Gerais;  Codex Alimentarius; principais órgão reguladores e blocos internacionais (União Europeia, FDA, outros) e impacto para o Brasil; Blocos na América Latina: Mercosul, SIECA, CAN e Aliança do Pacifico; importação e exportação de produtos.

Relações Governamentais

30 h

Congresso e Senado Nacional: como nasce um projeto de lei; Relação entre os poderes executivos e judiciários e impactos na indústria de alimentos; Importância do engajamento das associações de indústria; Mapeamento/gerenciamento de Stakeholders; Elaboração de estratégias para conquistar aliados internos, viabilizar parcerias externas e conquistar a atenção e o respeito do governo.

Vigilância Sanitária Nacional

20 h

Histórico da Vigilância Sanitária no Brasil; Sistema Nacional, Estadual e Municipal de Vigilância Sanitária e Agência Nacional de Vigilância Sanitária; Legislação de Funcionamento de Empresas Sujeitas à Vigilância Sanitária; Procedimentos Administrativos e Medidas Judiciais. Código de Defesa do Consumidor e recall.

Desenvolvimento de Produtos na Indústria de Alimentos

Análises de Alimentos no Desenvolvimento de Produtos

24 h

Promover o conhecimento das principais análises realizadas no desenvolvimento de alimentos, capacitar a escolha dos métodos adequados e a interpretação de relatórios e laudos de análises físico-químicas e sensoriais.

Criação de Produtos Alimentícios e Gestão da Inovação

36 h

Apresentar os conceitos envolvidos em cada etapa do desenvolvimento de um novo produto alimentício e capacitar para a gestão do processo de inovação dentro de uma empresa. Promover o conhecimento e a aplicação das ferramentas de avaliação de novos produtos. Atualizar o aluno em relação às principais tendências do mercado de alimentos no Brasil e no mundo.

Ingredientes no Desenvolvimento de Alimentos

36 h

Conhecer e aplicar os conceitos, princípios e teorias de química de alimentos aos principais ingredientes disponíveis para o desenvolvimento de alimentos. Promover o conhecimento de seus mecanismos de ação e formas de aquisição.

Marketing: Estratégias para Criação e Gestão de Produtos Alimentícios

24 h

Promover o conhecimento das estratégias e fases mais importantes para estimular o processo criativo através de vivências das etapas do marketing, seus conceitos e ferramentas relevantes, no gerenciamento de novos produtos alimentícios.

Tecnologia de Alimentos

Processos de Fabricação de Alimentos I

32 h

Integrar conhecimentos de engenharia, ciência e tecnologia de alimentos nos diferentes métodos de conservação utilizados nos processamentos de alimentos e capacitar a tomada de decisões na execução de projetos de processo ou de desenvolvimento. Esta disciplina abordará processamento de frutas e hortaliças; cereais; balas e confeitos. 

Processos de Fabricação de Alimentos II

36 h

Integrar conhecimentos de engenharia, ciência e tecnologia de alimentos nos diferentes métodos de conservação utilizados nos processamentos de alimentos de origem animal e vegetal e capacitar a tomada de decisões na execução de projetos de processo ou de desenvolvimento. Esta disciplina abordará processamento de leites e derivados, carnes e derivados e bebidas, além da cadeia do frio.

Processos Inovadores na Produção de Alimentos

24 h

Conhecer processos inovadores na fabricação de alimentos alinhados às tendências apresentadas no estudo Brasil Food Trends 2020, considerando as vantagens em relação à manutenção ou melhora dos aspectos sensoriais e nutritivos, à capacidade de destruir microrganismos patogênicos e deteriorantes além do baixo consumo energético e de práticas sustentáveis.

Transformações Químicas e Bioquímicas dos Alimentos

28 h

Conhecer e integrar os conceitos, princípios e teorias de química e bioquímica de alimentos. As características, propriedades funcionais e aplicações de substâncias no processamento e na estocagem de alimentos, bem como as modificações químicas e bioquímicas que ocorrem antes, durante e após o processamento de matérias primas e seus efeitos na qualidade dos produtos alimentícios.

Corpo Docente

Afonso Carlos Braga

Mestre em Administração pela PUC.  MBA pela Warwick Business School, WBS, Inglaterra. Curso Extensão em Administração Graduados pela FGV. Graduado em Engenharia Mecânica pela Mauá.

Aldo Baccarin

Aldo Baccarin é Técnico Agrícola, Engenheiro Químico (UFRRJ) e Mestre em Tecnologia de Alimentos (USP). Atuou por mais de 25 anos em companhias de alimentos, subsidiárias de General Foods, Kraft e Philip Morris, em unidades de negócios como Kibon, Q-Refresco e Lacta. Especialista em Inovação, Qualidade e Tecnologia. Participou ativamente nas Associações ABIA e ILSI Brasil. Atualmente é presidente de Laboratórios Food Intelligence, especializado em análises de alimentos, aditivos e ingredientes.

Alexandre Novachi

Farmacêutico Bioquímico graduado pela UNESP/Campus de Araraquara e Bacharel em Direito graduado pelo Centro Universitário Padre Anchieta com 27 anos de experiência na gestão de Assuntos Regulatórios e Científicos desenvolvida em empresas multinacionais de grande porte como Danone, Unilever, Mondelez e Nestlé com importante atuação junto às Associações de Classe como ABIA, ABIAD, GENE e organizações científicas como ILSI e órgãos reguladores como ANVISA, Ministério da Agricultura, Codex Alimentarius, Mercosul e outros.

Anderson Giovanni Candido de Oliveira

Cientista de Alimentos formado pela ESALQ-USP com forte atuação na indústria de alimentos desde 2007 nas áreas de Assuntos Regulatórios, P&D, Inovação e Ciência do Consumidor. Com foco em gerenciamento de projetos e estratégia de inovação foi Gerente de P&D na Danone por 10 anos e atualmente é Gerente de Inovação e Compliance na Coca-Cola Brasil. Possui certificação em Project Management e Cool Hunter & Future Studies pelo IED (Instituto Europeu de Design).

André de Campos Bannwart

Engenheiro de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas. Experiência em desenvolvimento de produtos e processos. Conhecimento em matérias-primas e aditivos para alimentos. Gerente de Inovação na DuPont N&H.

André Marangoni

Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Mestre em Tecnologia de Alimentos pela Unicamp. Doutor em Tecnologia de Cereais pela Unicamp. Formação complementar em Administração de Negócios da Cerveja pela FGV e Sommelier de Cervejas pelo SENAC.

Antônia Miwa Iguti

Engenheira de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas, Mestre e Doutora em Ciências dos Alimentos-USP. Experiência em Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Química, Física, Fisico-Química e Bioquímica dos Alimentos.

Christian Soares Mansur

Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Federal de Goiás, Engenheiro de Alimentos pela Universidade Federal de Santa Catarina, com conclusão na ENSBANA (Dijon, França). Especialista em Panificação Sênior da Dupont.

Cynthia Jurkiewicz Kunigk

Graduada em Engenharia Química pela Mauá. Mestre em Engenharia Química pela USP. Doutora em Ciência dos Alimentos pela USP. Experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Microbiologia de Alimentos.

Daniela Gastaldo Cordeiro

Engenheira de Alimentos pela Mauá, MBA em Gerenciamento de Projetos FGV. Experiência em Pesquisas e Desenvolvimentos e Gerenciamentos de Projetos na indústria de alimentos, desenvolvendo novos produtos e aplicações para a indústria de alimentos.

Daniella Valeri

Engenheira de Alimentos pela Unicamp. Mestre em Tecnologia de alimentos pelsa USP e Pós-Graduada em Administração pela FGV. Atualmente é Technical Service Manager da unidade de Amidos, Adoçantes e Texturizantes da empresa Cargill.

Edmilson Renato de Castro

Doutor em Engenharia Metalúrgica pela USP. Mestre em Engenharia Metalúrgica pela USP e Graduado em Engenharia Química pela Escola Superior de Química Oswaldo Cruz.

Elaine Guerra

Farmacêutica-Bioquímica pela USP, Mestre em Qualidade pela UNICAMP, Especialista em Análise Sensorial e Ciência do Consumidor. Diretora Executiva da ELANGE Desenvolvimento, Pesquisas e Informações.  Implantou Área de Avaliação de Produtos na Natura Inovação, sendo pioneira na utilização da Análise Sensorial como ferramenta no desenvolvimento de cosméticos no Brasil. Mais de 25 anos de experiência profissional, com profunda expertise em ferramentas de investigação sensorial e em metodologias de pesquisa Ad-Hoc qualitativas e quantitativas.

Eliana Paula Ribeiro

Doutora, Mestre e Graduada em Engenharia de Alimentos pela UNICAMP. Experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Tecnologia de Leite e Derivados.

Fernanda Tadiello

Engenheira de Alimentos formada pela Mauá. Pós-Graduada em Gastronomia pela Anhembi Morumbi. Formação de aromista pela Symrise Aromas e Fragrâncias na Alemanha. Atualmente é aromista responsável por Salgados na Givaudan do Brasil.

José Carlos Carreira

Doutor em ciências da comunicação pela USP, Mestre em comunicação com o mercado pela Cásper Líbero, Especialização em marketing pela USCS, Tecnólogo em Mecânica pela UNESP Fatec e Certificação Internacional em coaching executivo pela ICI.

Kaciane Andreola

Possui Graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC.  Mestrado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Especialização em Engenharia de Processos Químicos pela UNICAMP. Doutorado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas, na área de Engenharia de Processos. Durante a pós-graduação e graduação realizou Programa de Estágio e Docência em disciplinas dos cursos de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos. Atuou como Engenheira de Processos na empresa Ergostech Renewable Energy Solutions (Campinas/SP). Atuou como Pesquisadora Inova na empresa Rhodia/Solvay no Centro de Pesquisa de Paulínia. Atualmente é professora no Instituto Mauá de Tecnologia (IMT).

Karina Costa

Engenharia de Alimentos pela Mauá, Especialista em Qualidade pelo Instituto Vanzolini USP e MBA em relações governamentais na FGV. Membro da diretoria da Abiad e Abiam. Participa de Comitês Internacionais como Mercosul e Codex. Gerente Sênior de Assuntos Regulatórios na América Latina na Tate & Lyle.

Lílian de Cássia Santos Victorino

Engenheira de Alimentos pela Mauá, Mestre em Tecnologia de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas, Doutoranda em Engenharia Química na USP. Experiência na área de Tecnologia de Carnes e Derivados.

Lísia Senger Huber

Doutora em Ciência de Alimentos pela Unicamp. MBA em Gerenciamento de Projetos FGV. Formação em Farmácia com ênfase em Tecnologia de Alimentos pela UFSM ? RS. Gerente Técnica de Desenvolvimento de Aplicações ? América do Sul na Ingredion

Luciane Franquelin Gomes de Souza

Engenheira de Alimentos pela Mauá. Mestre e Doutora em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas. Publicou trabalhos sobre desenvolvimento e recobrimento de micro grânulos de liberação controlada, secagem em leito pulso-fluidizado.

Patricia Niizu

Mestre em Ciência dos Alimentos (FEA – UNICAMP); Engenheira de Alimentos (FEA – UNICAMP); Consultora Consumer Science brf; Vice-Presidente da ABCS – Associação Brasileira de Ciências Sensoriais de 2016 a abril de 2019, com experiência de mais de 13 anos em Sensorial para Desenvolvimento de Produtos e Inovação, atuando em empresas como BR.F e Philips, em projetos locais, de Food Service e Globais (Rússia, Middle East, Tailandia, Malasia, Turquia, Europa, Cono Su...).

Renata Azevedo

Farmacêutica e Bioquímica com Especialização em Farmácia Industrial pela Faculdade Oswaldo Cruz. MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Diretora de Assuntos Regulatórios para América do Sul e Central na Herbalife International do Brasil.

Roberto Hira

Gerente de Planejamento de Vendas e Atendimento ao Cliente da Thermo King para America Latina, anteriormente: 5 anos nas áreas de Engenharia de Processos e Aplicação e 8 anos na área de vendas no mercado nacional. Graduado em Engenharia de Alimentos pela Unicamp com MBA em Gestão comercial pela FGV.

Rodrigo Furquini

Graduado em Tecnologia de Alimentos pela Fundação Salvador Arena e Pós-Graduado em Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos e Processos Alimentícios pela Mauá. Gerente de Pesquisa e Inovação na Danone, divisão de Nutrição Especializada (Médica).

Rosamaria Da Ré

Doutora em Análise Sensorial e Mestre em Tecnologia de Cereais pela UNICAMP; Especialista em Administração USP; Diretora da RDR Consultoria; Docente e Coordenadora Programa de Pós-Graduação da Mauá; Conselheira da ABCS

Tatiana Guinoza Matuda

Engenheira de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas, Mestre e Doutora em Engenharia Química pela USP. MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Experiência na área de massas de pães congeladas e vendas de ingredientes para o mercado de panificação.

Tatiana Pires

Engenharia de Alimentos pela Mauá, Mestre e Doutora em Ciências de Alimentos pela USP. Diretora de Assuntos Regulatórios na DSM Nutritional Products para América Latina. Presidente da ABIAD.

 

Willian Latorre

Farmacêutico Bioquímico de Alimentos pela USP. Mestre e Doutor pelo PRONUT/USP. Especializado em Direito Sanitário pelo CEPEDISA/USP. Foi Diretor de Alimentos do CVS/SP e Gerente de Inspeção e Controle de Riscos de Alimentos da ANVISA. Atua como empresário Consultor para Assuntos Científicos e Regulatórios.

>