...
Início
Março de 2024
Horário

Sábado, das 8h30 às 17h

Gerenciamento Sustentável do Sistema Embalagem

Objetivo

Estudar ferramentas essenciais para o gerenciamento sustentável do Sistema Embalagem, com o objetivo de capacitar e formar capital humano cuja competência contribua efetivamente para aumentar a produtividade e a competitividade das organizações em que atuam.

Público-alvo

Profissionais que atuam nas diversas áreas do Sistema Embalagem, independentemente da sua formação acadêmica.

Diferencial

  • Abordagem estratégica e colaborativa do gerenciamento sustentável do Sistema Embalagem;
  • A “Responsabilidade Ambiental” é tema presente em todas as disciplinas;
  • Corpo docente com grande experiência empresarial;
  • Aulas focadas na aplicação do conteúdo apresentado;
  • Aulas práticas (hands-on) ministradas tanto no Campus de São Caetano do Sul e em empresas e instituições colaboradoras.

Os alunos iniciam o módulo “desmontando” um sistema utilizando a ferramenta Diagnóstico do Sistema Embalagem com o intuito de identificar e quantificar impactos gerados nas operações da empresa, por exemplo: perdas e desperdícios de matéria prima e itens fabricados; utilidades: água e energia; emissões: água e gás carbônico.

Em seguida, estruturam propostas para reduzir esses impactos e os custos deles advindos, aumentar a produtividade e consequentemente, colaborar para tornar o Sistema Embalagem mais competitivo.

As propostas, na forma de Projetos Integradores, devem ser elaboradas ao longo do Módulo por grupos de alunos e apresentadas no final do período de aulas.

São sugeridas leituras complementares para estimular, nos alunos, o permanente questionamento dos temas abordados no seu cotidiano. 

A expectativa do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia é que, ao concluir este módulo do curso, o aluno tenha aperfeiçoado a sua habilidade de gerenciar o Sistema Embalagem de forma sustentável.

Carga Horária

120

Matrícula

Os valores correspondentes aos descontos por períodos serão concedidos de acordo com a data de pagamento da taxa de Reserva

Até 31 de outubro R$ 1.335,00
Até 30 de novembro R$ 1.420,00 
Até 31 de dezembro R$ 1.510,00 
Após 31 de dezembro R$ 1.780,00   

Descontos

Ex-aluno graduado na Mauá: 10%
Grupos (2 ou mais alunos): 10%
Associados da AEXAM (ex-alunos): 15%
Ex-aluno graduado na Mauá em 2023: 30%
Empresas conveniadas (a consultar)

Descontos somente sobre as 05 parcelas.

Investimento

Matricula + 5 parcelas de R$ 1.780,00*
Condições especiais para ex-alunos, grupos e empresas conveniadas

*Investimento por módulo (120 horas)

Taxa de Reserva: R$ 300,00

O pagamento poderá ser efetuado por meio de boleto, cartão de débito ou crédito. Na efetivação da matrícula essa Taxa de Reserva será deduzida do valor da matricula. Em caso de desistência da matrícula o valor da taxa de reserva não será devolvido e a retenção se faz necessária para pagamento das despesas administrativas relativas ao processo seletivo, conforme preconizado no Código de Defesa do Consumidor. Caso não haja número de alunos interessados para formação de turma, o valor correspondente à Taxa de Reserva será devolvido integralmente.

Coordenador

Abrir informações do corpo docente
Antonio Carlos Dantas Cabral
Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas de bens de consumo: Refinações de Milho Brasil, Bunge e Unilever. Participação ativa na criação do Centro de Tecnologia de Embalagem (CETEA) do ITAL, em Campinas. Na Mauá, desde 1989, foi professor e coordenador do curso de Engenharia de Produção e atualmente é coordenador e professor de cursos de Pós-graduação em Indústria 4.0 e Engenharia de Embalagem.

Disciplinas



Cadeias de Suprimentos e o Sistema Embalagem
16h
Abrir mais informações da disciplina

Critérios e indicadores de gestão e governança e análise crítica do papel dos atores nas cadeias de suprimentos e no Sistema Embalagem. Estratégias e sinergias para distribuir o valor gerado pelas operações de forma equânime entre esses atores. Identificação e análise crítica dos impactos ambientais causados pelas operações na cadeia de suprimentos e apresentação de sugestões para reduzi-los. Principais modelos de compras que podem ser utilizados pelas empresas usuárias de embalagem. Estudo de casos. As aulas são ministradas no Campus de São Caetano do Sul.

Equipamentos para o Sistema Embalagem
32h
Abrir mais informações da disciplina

Tipos e princípios de funcionamento dos principais equipamentos utilizados no Sistema Embalagem. Medidas de produtividade e eficiência (OEE) focadas no gargalo das linhas de produção e nos pontos críticos de controle. Avalição crítica dos métodos de coleta e análise de dados com ênfase na instalação de sensores de baixo custo. Avaliação dos impactos ambientais (consumo de energia, geração de resíduos e emissões) causados pela operação dos equipamentos. Estudos de casos. As aulas são ministradas no Campus de São Caetano do Sul e em empresas colaboradoras.

Gerenciamento Sustentável do Sistema Embalagem: Custo Sistêmico e Operações Industriais
48h
Abrir mais informações da disciplina

Diagnóstico do Sistema Embalagem: ferramenta que orienta o mapeamento dos processos para levantar as informações fundamentais (desempenho, perdas, desperdícios, emissões, custos) para a “desmontagem” do Sistema e identificar e elaborar propostas para corrigir de anomalias. Indicadores “custo sistêmico” e “impactos ambientais”: metodologia para cálculo, estratégia de implantação e elaboração de propostas para redução. Coleta e tratamento de dados de processo: técnicas de coleta utilizando sensores e análise crítica desses dados para identificar oportunidades de melhoria de desempenho do sistema; Estudo de casos. 
As aulas são ministradas no Campus de São Caetano do Sul em empresas e instituições colaboradoras.

Instalações das Linhas de Envase: Projeto e Manutenção Sustentáveis
16h
Abrir mais informações da disciplina

Principais aspectos do projeto de instalações de linhas de envase nas indústrias fabricantes de medicamentos, alimentos, cosméticos e produtos de limpeza: curva de demanda de produtos a fabricar; capacidade teórica e real dos equipamentos; área disponível; layout; disponibilidade de tempo operacional; impactos ambientais; limitações legais. Projeto e gerenciamento das manutenções corretivas, preventivas e preditivas. Estudos de caso. As aulas são ministradas no Campus de São Caetano do Sul em empresas e instituições colaboradoras.

O Papel do Capital Humano (Humanware)
8h
Abrir mais informações da disciplina

Atualização das atuais lideranças sobre as transformações em andamento no Sistema Embalagens; Estímulo à reflexão e preparação para analisá-las, por meio do autoconhecimento e avaliação das tendências e novas demandas. Desenvolvimento de competências para as lideranças em formação, considerando o cenário de transformação, tendências e novas demandas do Sistema Embalagens. Mapeamento do perfil dos profissionais que atuam nos diversos setores do Sistema Embalagem, com o objetivo de otimizar o desempenho das equipes, alinhado à estratégia da empresa. O indicador humanware (capital humano) como critério de gerenciamento do Sistema Embalagem.

Abrir informações do corpo docente
Antonio Carlos Dantas Cabral

Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas de bens de consumo: Refinações de Milho Brasil, Bunge e Unilever. Participação ativa na criação do Centro de Tecnologia de Embalagem (CETEA) do ITAL, em Campinas. Na Mauá, desde 1989, foi professor e coordenador do curso de Engenharia de Produção e atualmente é coordenador e professor de cursos de Pós-graduação em Indústria 4.0 e Engenharia de Embalagem.

Abrir informações do corpo docente
Aparecido Roberley Borghi

Mestre em Administração pelo IMES, Especialista em Administração Indl pela USP, e em Planejamento e Gestão Estratégica de Marketing pela FSA, Graduado em Tecnologia de Processos de Produção pela FATEC.

Abrir informações do corpo docente
Ari Nelson Rodrigues Costa

Engenheiro Eletrônico pela POLI/USP, Físico pela USP, pós-graduado em Engenharia da Qualidade pela POLI/USP, em Engenharia de Embalagem pela Michigan State, e em Engenharia de Processos Industriais pelo IMT. Mestre em Engenharia Industrial pelo IMT. Doutorando em Sistemas Agroindustriais Sustentáveis pela UNICAMP. Experiência internacional em transferência de tecnologia, atuando nas áreas de automação, telecomunicações, gestão de produto, processos, qualidade de indústrias de diversos segmentos. Professor do Centro Universitário da Mauá. Pesquisador do Centro de Pesquisas do IMT no Núcleo de Sistemas Produtivos Inteligentes.

Abrir informações do corpo docente
Caio Jorge Gamarra

Graduado em Engenharia de Produção pela Escola de Engenharia Mauá (2014) e Mestrando em Engenharia Mecânica na área de concentração de Produção no Centro Universitário FEI, seguindo a linha de pesquisa de Modelagem, Otimização e Controle de processo.

Abrir informações do corpo docente
Camila Storel

Graduada em Engenharia de Alimentos e Pós Graduada em Engenharia de Embalagens pela Mauá. MBA em RH e Gestao de Pessoas pela FIA.Possui 22 anos de experiência em desenvolvimento de embalagens em Industrias de Bens de Consumo nos segmentos de Alimentos, Cosméticos e Pet Food, como Bunge, Nestle Purina, Natura, Avon, Beiersdorf e L´Oréal. Possui 16 anos de experiencia em gestão e desenvolvimento de pessoas e equipes. Atualmente responsável pelo time de Packaging LATAM da L´Oréal.

Abrir informações do corpo docente
Daniel Kashiwamura Scheffer

Bacharelado e mestrado em Estatística com a graduação e a pós-graduação obtidas no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP). Professor dos cursos de Administração e Engenharia do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia (CEUN-IMT). Tem grande experiência em análise de dados.

Abrir informações do corpo docente
David Garcia Penof

Doutor em Administração pela USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul, Mestre em Administração (USCS) e Bacharel em Administração (IMES, atual USCS). Consultor na área de Gestão de Negócios a mais de 25 anos, desenvolvendo projetos em empresas nacionais e multinacionais. Coordenador do Curso de Engenharia de Produção do CEUN/IMT – Instituto Mauá de Tecnologia e professor convidado dos cursos de Pós-graduação do Centro Paula Souza, da Trevisan Escola de Negócios, da UNICAMP e da Steinbeiz de Berlim. Autor do livro “Gestão da produção e logística” editora Saraiva, 2013.

Abrir informações do corpo docente
Fabio Andreosi

Designer de Produtos especialista em Gestão do Ciclo de Vida de Produtos, mestrando em Engenharia de Processos pelo ITA. Foi sócio fundador da PLMX Soluções, uma das empresas pioneiras em projetos de Indústria 4.0 no Brasil. Como consultor, atuou em diversos projetos e iniciativas de inovação e manufatura avançada na indústria, e atuou junto ao conselho executivo de empresas brasileiras na definição de estratégias e no entendimento dos impactos futuros na Indústria 4.0 e da inovação nos negócios e na sociedade. Palestrante e Professor nas disciplinas de inovação, gestão de ciclo de vida, estratégia para I4.0 para pós-graduação. Recentemente, assumiu um novo desafio como Head de Inovação e I4.0 na consultoria portuguesa PTC Group, buscando aplicar os aprendizados do Brasil, aproveitando o ótimo ambiente de negócios e inovação que se forma em Portugal.

Abrir informações do corpo docente
Luis Fernando Dagnoni Cassinelli

Graduado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos. É conselheiro em Exercício da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Superior de Inovação e Competitividade – Fiesp (Conic). Na FAPESP, é Coordenação de Área - Pesquisa para Inovação PPP 1.

Abrir informações do corpo docente
Margarete Tiemi Doi Takeda

Sócia fundadora- diretora criativa da A10 ideias que transformam, empresa focada em estratégia de marca, design e inovação, membra da Glba- Global Local Branding Alliance com agências em São Paulo, Nova Iorque, Berlim, Shangai, Moscow, Istambul e África do Sul e premiada em vários prêmios importantes de design nacionais e internacionais. Graduada em design industrial na Universidade Mackenzie com especialização em Design e Design de Embalagem no Japão e em UX strategy na Miami Ad School São Paulo. Teve a oportunidade de trabalhar na Makoto Saito Design e Hakuhodo no Japão e como diretora de arte na DPZ e DM9 no Brasil. É Membra da Abre- Associacão brasileira da Abre e Abedesign e ex-coordenadora de design e professora da Miami Ad School São Paulo. Foi jurada de vários prêmios de design como Cannes Lions Awards, LIA London Festival Awards, Prêmio Abre e Brasil Design Awards.

Abrir informações do corpo docente
Nicolas Isidoro Oliva

Pós Graduado em Liderança pela IAE Business School-Buenos Aires. MBA em Logística e Supply Chain pela FGV. MBA em Direção de Empresas pela Universidade Del Cema UCEMA-Buenos Aires. Engenheiro Industrial pela Universidade Nacional de La Plata-Buenos Aires.