Redes Definidas por Software

Objetivo

Os sistemas de telecomunicações e redes de computadores têm evoluído de forma rápida, transformando a maneira como as pessoas e máquinas se comunicam e interagem entre si. O estágio atual de evolução destes sistemas está relacionado à pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias habilitadoras que suportam suas arquiteturas de hardware e software.

A tecnologia SDN (Software Defined Networks), ou Redes Definidas por Software,  desempenha um papel fundamental nesta transformação por meio da integração de equipamentos físicos e virtuais em uma única infraestrutura de rede, com a utilização de interfaces e protocolos padronizados como o OpenFlow da ONF (Open Network Foundation).

Este curso tem o objetivo de prover o conhecimento necessário ao profissional de redes e telecomunicações sobre o estado da arte em virtualização de redes e redes definidas por software.

O aluno será capaz de compreender a arquitetura das redes definidas por software através do estudo dos seus principais elementos como os controladores de rede, switches virtuais, interfaces, protocolos e padrões.

Através de atividades práticas o aluno será capaz de aplicar e analisar os conceitos estudados, desenvolvendo topologias e simulando redes virtuais em laboratório, controlando o comportamento de seus dispositivos de acordo com objetivos específicos em cada situação problema.

O aluno irá desenvolver habilidade de síntese e avaliação sobre o tema por meio do desenvolvimento de um projeto final relacionado à proposta de solução de uma situação real demandada pelo mercado. Utilizando a virtualização de elementos de rede e controladores de rede definidos por software, promover redução de custos, digitalizando e automatizando processos, otimizando o uso de recursos e criando novas formas de cooperação e concorrência nas cadeias de valor.

Público-alvo

Engenheiros, analistas, tecnólogos de rede e outros profissionais de nível superior interessados em se atualizar sobre o cenário atual das redes de computadores e como enfrentar seus desafios.

Mais Informações

Início do Curso
Março de 2020
Horário
Sextas-feiras das 19h às 22h30; Sábados das 8h30 às 12h
Dias de aula
Sextas-feiras e sábados

Investimento - Valores já atualizados para o ano de 2020
Matrícula
Os valores correspondentes aos descontos por períodos serão concedidos de acordo com a data de pagamento da taxa de Reserva
Mensalidades
5 parcelas de R$ 1.580,00

Até 18 de outubro R$ 1.280,00 
Até 20 de dezembro R$ 1.380,00 
Após 20 de dezembro R$ 1.580,00

DESCONTOS

Ex-aluno: 10%
Grupos (2 ou mais alunos): 10%
Associados da AEXAM (ex-alunos): 15%
Ex-aluno Mauá formado em 2018: 30%
Empresas conveniadas (a consultar)

Taxa de Reserva: R$280,00

O pagamento poderá ser efetuado por meio de boleto, cartão de débito ou crédito.
Na efetivação da matrícula essa Taxa de Reserva será deduzida do valor da matricula. Em caso de desistência da matrícula o valor da taxa de reserva não será devolvido e a retenção se faz necessária para pagamento das despesas administrativas relativas ao processo seletivo, conforme preconizado no Código de Defesa do Consumidor. Caso não haja número de alunos interessados para formação de turma, o valor correspondente à Taxa de Reserva será devolvido integralmente.

 

Coordenação

Ricardo Girnis Tombi

Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade São Judas Tadeu, Mestrado e Doutorado (em andamento) em Engenharia na área de Redes e Telecomunicações pela Escola Politécnica da USP. Especializações em Arquitetura e Redes de Computadores (Larc/USP), Administração de Empresas (CEAG/FGV) e Engenharia da Qualidade (Pece/USP). Profissional com ampla e sólida experiência adquirida ao longo de 28 anos ocupando cargos como Diretor Global de Serviços, Gerente de Engenharia e Pré-Vendas, Engenheiro de Redes e Especialista em Redes Ópticas. Como professor, experiência de 19 anos lecionando em cursos de engenharias e tecnologia da informação.

Disciplinas

Elementos da arquitetura SDN

12 h

Esta disciplina estuda a arquitetura SDN e seus componentes como os planos de controle e planos de dados, controladores e switches virtuais, interfaces, protocolos (OpenFlow, Netconf, RestConf), flow tables, mensagens OpenFlow, encaminhamento de fluxos ativos e reativos.

Fundamentos das Redes Definidas por Software

16 h

Esta disciplina apresenta o estado da arte da tecnologia SDN e aborda a motivação para adoção da arquitetura, as limitações atuais das redes e desafios futuros, a proposta SDN por meio de seu plano de controle e abstrações, sua arquitetura básica, benefícios prometidos e principais aplicações nos ambientes atuais de datacenters, operadoras de telecom, enterprise e redes wan.

Openflow & Mininet

12 h

Nesta disciplina o simulador de redes Mininet é introduzido e utilizado para estudar de forma detalhada o protocolo OpenFlow, através da análise de pacotes deste protocolo em ambientes de simulação de topologias estabelecidas.

SDN na prática

80 h

Esta disciplina introduz os principais controladores SDN utilizados atualmente através da análise da sua arquitetura, instalação e utilização em ambiente de laboratório, e da realização de experimentos e implementações de casos reais. Serão abordados, de forma conceitual e prática, temas relacionados com encaminhamento L2 e VLAN, learning switch, roteamento (vRouter), monitoração com métricas OpenFlow, QoS, engenharia de tráfego, balancemento de carga, Intent Monitor and Reroute (IMR) e RESTApi, em ambientes SDN. No final os alunos deverão realizar o desenvolvimento, a implementação e apresentação de trabalhos em ambiente SDN, demonstrando suas habilidades adquiridas ao longo do curso.

Corpo Docente

Fabio Henrique Cabrini

Mestre em Engenharia Elétrica e Doutorado em andamento pela USP. Licenciatura em Computação pelo Centro Universitário Belas Artes. Avaliador do INEP/MEC para cursos de Tecnologia, e pesquisador na Escola Politécnica da USP em plataformas abertas para aplicações em ambientes inteligentes, Fiware Evangelist, co-founder e CEO da Helix Platform. Professor em cursos de engenharia e MBA nas áreas de TI, Redes e Telecom.

Michael Prieto Hernández

Mestre em Engenharia pela USP na área de Computação. Graduado em Engenharia Informática pela Universidade das Ciências Informáticas de Cuba. Analista de Sistemas na área de P&D da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), atua nas áreas de Redes Definidas por Software, Virtualização de Funções de Rede, Orquestração, Desagregação e Automação de Redes.

Ricardo Girnis Tombi

Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade São Judas Tadeu, Mestrado e Doutorado (em andamento) em Engenharia na área de Redes e Telecomunicações pela Escola Politécnica da USP. Especializações em Arquitetura e Redes de Computadores (Larc/USP), Administração de Empresas (CEAG/FGV) e Engenharia da Qualidade (Pece/USP). Profissional com ampla e sólida experiência adquirida ao longo de 28 anos ocupando cargos como Diretor Global de Serviços, Gerente de Engenharia e Pré-Vendas, Engenheiro de Redes e Especialista em Redes Ópticas. Como professor, experiência de 19 anos lecionando em cursos de engenharias e tecnologia da informação.

Samuel Kopp

Mestre em Engenharia e doutorado em andamento pela Escola Politécnica da USP. Graduado em Ciência da Computação, pela Universidade Santo Amaro, MBA em Inovação Tecnológica em Comunicação e Redes. Sócio Diretor da TVoD/BrainyIT, pesquisador do LARC/USP, e também atua em projetos na Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) para redes overlay, gerenciamento e distribuição de vídeo, e Infraestrutura Definida por Software.

>