INSCREVA-SE

Notícias

Mauá participa do projeto que utiliza Inteligência Artificial para auxiliar a predição da sobrevida dos casos de câncer

A IA pode colaborar na melhor forma de prognóstico, decisão dos gestores de saúde, além de otimizar os recursos públicos e ampliar sobrevida do paciente

São Paulo, novembro de 2023 - O câncer é uma das principais causas de morte em todo o mundo. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), só no Brasil deve haver 705 mil casos da doença até 2025. Diante desse cenário, a Inteligência Artificial (IA) pode ser uma ferramenta promissora para melhorar a precisão dos cuidados de saúde dos pacientes, além de otimizar a melhor gestão de recursos financeiros, de especialistas, remédios e hospitais de atendimento para cada tipo de câncer.

No entanto, a utilização de IA na área da Saúde é um campo ainda pouco explorado. A aplicação por machine learning (algoritmos que dão aos computadores a capacidade de identificar padrões em dados massivos e fazer previsões/análise preditiva) auxilia o profissional de saúde na tomada de decisões médicas ao utilizar algoritmos, isto é, procedimentos precisos, não ambíguos, eficientes e corretos acerca das condições do paciente. A IA também pode ser uma importante ferramenta para a tomada de decisão em saúde pública.

O Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) – sob a gerência do professor Vanderlei Cunha Parro, com o apoio do professor Jones Egydio e do pesquisador Lucas Buk Cardoso –, em parceria com o Hospital A.C.Camargo, a Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP e a Fundação Oncocentro de São Paulo (Fosp), está trabalhando num importante projeto que utiliza IA para auxiliar a predição da sobrevida dos casos de câncer.

As aplicações de IA em oncologia incluem avaliação de risco, diagnóstico precoce, estimativa de prognóstico do paciente e seleção de tratamento com base em conhecimento profundo. “Neste primeiro momento, focamos na utilização da IA no câncer colorretal, mas estão previstos outros estudos com diferentes tipos de câncer, como mama, colo de útero, pulmões, próstata, além de análises que envolvem questões de direcionamento de pacientes, cenários relativos aos hospitais, questões geográficas dos pacientes e/ou hospitais etc. A Mauá recebe e faz a análise técnica dos dados disponíveis no Fosp sobre os diferentes tipos de câncer e a conduta terapêutica realizada”, diz Cardoso.

Benefícios do uso da IA na área da saúde

Os benefícios da implementação da Inteligência Artificial na saúde são diversos. Hoje em dia, a informação em saúde ainda pode ser dispersa, sendo necessários estudos que integrem dados para facilitar a informação que profissionais de saúde e gestores necessitam.

“Com o cruzamento de informações, como idade, sexo, tipo de câncer, ano do diagnóstico, localidade, realidade socioeconômica, se é reincidente ou não, etc., é possível oferecer melhores trajetórias nos serviços e um atendimento mais assertivo e humanizado para o paciente. Ou seja, nosso projeto oferece informações que poderão estar à disposição de gestores, pacientes e profissionais de saúde, que poderão gerenciar melhor os seus recursos com vistas a ampliar a sobrevida e qualidade de vida dos pacientes”, conclui.

Informações para a imprensa - RPMA Comunicação

Assessoria de Imprensa do Instituto Mauá de Tecnologia

Giovanna Favero – (11) 94033-1756
giovanna.favero@rpmacomunicacao.com.b

Claudio Monteiro – (11) 98970-4477
claudio.monteiro@rpmacomunicacao.com.b