Notícias

Instituto Mauá de Tecnologia inaugura laboratório de microscopia eletrônica de varredura

Espaço conta com microscópio eletrônico de varredura de última geração, que pode realizar análises com até 1 milhão de vezes de ampliação

A partir do dia 8 de abril, os pesquisadores do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT) vão contar com um novo e moderno laboratório de microscopia eletrônica de varredura para inspeção de rotina dos materiais, nas áreas de motores, ensaios mecânicos, metrologia, construção de máquinas, biologia e microbiologia, alimentos, mecânica dos solos, biotecnologia, polímeros, compósitos, nanomateriais etc. O novo espaço tem a parceria da Tescan do Brasil Instrumentos Científicos Ltda., subsidiária da Tescan Orsay Holding, uma das principais fornecedoras do mundo de tecnologia no segmento de sistemas de microscopia eletrônica e iônica e de microtomografia de raios X.

O novo laboratório vai disponibilizar aos usuários equipamentos modernos e altamente precisos nas análises, como o microscópio eletrônico de varredura (MEV) de quarta geração VEGA LMU, com exclusiva e totalmente integrada tecnologia de imagem e análise química, o que abre um novo leque de suporte tecnológico para os diferentes trabalhos de pesquisa e de desenvolvimento científico-tecnológico da instituição.

“Com esse equipamento, conseguiremos fazer análises com até 1 milhão de vezes de ampliação, quando hoje chegamos a apenas mil vezes com os microscópios ópticos. Nossos pesquisadores terão, portanto, à disposição um instrumento de última geração, que vai garantir melhor precisão nas análises. Esse microscópio eletrônico contribuirá com o estudo de topografia e fases de materiais”, reforça a professora doutora Viviane Tavares de Moraes, líder do Grupo de Pesquisas de Ciências e Engenharia de Materiais, do Departamento de Engenharia Mecânica da Mauá, coordenado pela professora doutora Susana Marraccini Giampietri Lebrão.

Rafael Rossetto, diretor administrativo da Tescan do Brasil, ainda lembra que, entre os diferenciais do microscópio eletrônico VEGA LMU, está a combinação de imagens e a análise de composição elementar ao vivo numa única janela do software Essence™ da Tescan. “Essa combinação simplifica a aquisição de dados morfológicos e elementares da amostra, tornando esse instrumento uma solução analítica eficiente para a inspeção de rotina dos materiais nos laboratórios de controle de qualidade, análise de falhas e pesquisa”, detalha Rossetto.

A cerimônia e o coquetel de inauguração do novo Laboratório de Microscopia Eletrônica serão no Bloco R, sala 109, no dia 8 de abril, às 16 h. Na ocasião, haverá uma demonstração da funcionalidade do microscópio eletrônico de varredura.

Sobre a TESCAN

A Tescan foi fundada em 1991, e atualmente a Tescan Orsay Holding conta com diversas subsidiárias em todo o mundo, incluindo a Tescan do Brasil. A Tescan Orsay Holding mantém sua sede, produção e P&D em Brno, República Tcheca. Os microscópios eletrônicos da Tescan permitem a investigação e análise em nanoescala nas áreas de geociências, ciência dos materiais, ciências da vida e indústria de semicondutores. A empresa tem uma história de 30 anos de desenvolvimento inovador de microscopia eletrônica, microtomografia computadorizada e soluções de software relacionadas para clientes em pesquisa e indústria em todo o mundo. Como resultado, a Tescan conquistou uma posição de liderança em micro e nanotecnologia. Para mais informações, visite: www.tescan.com

 

Informações para a imprensa

RPMA Comunicação - Assessoria de Imprensa do Instituto Mauá de Tecnologia

Rodrigo Santos – (11) 99354-5230
rodrigo.santos@rpmacomunicacao.com.br

Claudio Monteiro – (11) 98970-4477
claudio.monteiro@rpmacomunicacao.com.br