Notícias

EUREKA 2010 - Mostra na MAUÁ reúne trabalhos desenvolvidos por seus formandos

Munidos de conhecimento, criatividade e tecnologia, os alunos da instituição empenharam-se em diferentes projetos, nos mais diversos setores, com o objetivo de inovar, melhorar e transformar

Será apresentada, no campus do Instituto Mauá de Tecnologia, em São Caetano do Sul, de 15 a 17 de outubro, a edição de 2010 da Eureka, mostra anual dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos formandos da Mauá. Durante o evento, que é aberto ao público e tem entrada franca, os visitantes poderão conhecer de perto os trabalhos desenvolvidos pelos formandos. São projetos desenvolvidos a partir de diferentes tecnologias que abrangem diversas áreas. Na Eureka é possível testar equipamentos, degustar alimentos, conhecer planos de negócios e apreciar os produtos e inventos criados pelos alunos da Instituição.

A Eureka é o resultado de um ano de pesquisas realizadas por estudantes dos cursos de Administração, Engenharia (nas habilitações Alimentos, Civil, Controle e Automação, Elétrica, Eletrônica, Mecânica, Produção Mecânica e Química), Design do Produto e cursos superiores de Tecnologia em Gestão Ambiental, Marketing e Processos Gerenciais, que desenvolvem seus projetos sob a orientação dos professores.

A mostra reúne projetos de estudantes que enfrentaram o desafio de desenvolver produtos tecnologicamente inovadores. Alguns criaram alternativas para uma alimentação mais saudável e funcional. Outros apostaram em melhorar e baratear produtos que já existem no mercado, mas não são acessíveis a todos. Entre os trabalhos, estão opções para tornar o dia a dia mais simples e até produtos que podem melhorar a qualidade de vida de pessoas com necessidades especiais. Entre os projetos, estão alternativas para o bem-estar e o lazer.

Os principais objetivos da mostra são divulgar os trabalhos dos alunos para empresas de diferentes segmentos, aproximar o meio acadêmico do empresarial e disseminar novos conhecimentos. Na Eureka, o novo acontece. Os visitantes encontrarão novas soluções para o cotidiano, ideias que a partir do trabalho em grupo e da dedicação, concretizaram-se em projetos inovadores para transformar processos aplicados na indústria, na otimização de serviços, em empresas de diversas áreas, ou simplesmente para tornar menos complicada a vida de algumas pessoas.

Conheça alguns dos trabalhos que serão apresentados na Eureka 2010.

Funcionais - Alunas do curso de Engenharia de Alimentos criaram uma bebida láctea que auxilia na prevenção de doenças degenerativas, como a Osteoporose, Mal de Parkinson e Mal de Alzheimer, além de manter a boa funcionalidade do intestino. Com sabor e cor característicos do maracujá, a bebida desenvolvida pelas estudantes possui em sua composição bactérias probióticas, que mantêm o equilíbrio da microbiota intestinal e contêm vitaminas A, B2, B6, D, E e nutrientes como colina e inositol, cálcio e ômega-3. Outro grupo apostou em uma mousse de chocolate light em pó, que pode ser degustada à vontade. Em sua formulação a mousse contém cromo, substância que auxilia na redução de apetite; colágeno hidrolisado, que  ajuda a repor o colágeno perdido ao longo do tempo; e vitaminas do complexo B, que estão envolvidas em todos os processos metabólitos e garantem o funcionamento adequado do organismo.

Ajuda ao próximo - Neste ano, muitos estudantes decidiram contribuir para  melhorar a inclusão social e utilizaram o conhecimento adquirido em prol de pessoas com necessidades especiais, como é o caso dos formandos do curso de Engenharia Elétrica, que desenvolveram um dispositivo de auxílio para deficientes visuais. O Talk To Me, como é chamado, é um dispositivo eletrônico capaz de fornecer, por meio de áudio, informações sobre determinado produto de um estabelecimento comercial. O equipamento é capaz de "identificar" a etiqueta, comunicar-se com o banco de dados e "ler" para o consumidor as informações a respeito do produto.

Uma cadeira de rodas para facilitar a mobilidade de crianças com necessidades especiais é a criação de estudantes do curso de Design do Produto. A Color Trek é movimentada por propulsão humana, mas, diferentemente das cadeiras normais, que utilizam a habitual movimentação manual, o projeto dos alunos prevê acionamento por um sistema de alavancas e catracas individuais, que quando movimentadas para frente ou para trás, proporcionam o giro das rodas. Essa inovação é o que torna o produto bem mais atrativo para crianças, além de reduzir o esforço do usuário.

Meio ambiente - Com o objetivo de reduzir o problema do lixo nas grandes cidades, alunos do curso de Engenharia Mecânica desenvolveram um sistema de compactação de lixo residencial que facilita o armazenamento dos detritos. A simplicidade do método, aliada ao baixo custo de implantação, viabiliza o uso do produto em condomínios e residências.

Uma estação de tratamento de efluentes compacta é a aposta dos alunos de Engenharia Química para contribuir com a sustentabilidade. O trabalho possibilita a reutilização da água gasta em estabelecimentos de lavagem de carros. Embora existam produtos similares no mercado, o equipamento desenvolvido pelos alunos é inovador e ecológico, pois utiliza um sistema de eletrocoagulação: com eletrodos metálicos, provoca-se a passagem de corrente elétrica nos efluentes a serem tratados. Essa corrente elétrica provoca uma reação que libera coagulantes, aglutinando os poluentes, que serão removidos por processos físicos. A água tratada é armazenada para ser reutilizada em novas lavagens.

Tecnologia - Osestudantes do curso de Engenharia de Controle e Automação criaram um sistema eletrônico que controla um robô humanóide,  utilizando imagens capturadas com uma câmera. O projeto destina-se ao público acadêmico e a expectativa é proporcionar uma ferramenta didática que possa ser utilizada no aprendizado de robótica autônoma com visão computacional.

Outra equipe da mesma área, Controle e Automação,  desenvolveu um robô capaz de escalar fachadas prediais. Trata-se de um equipamento semiautônomo de movimentação vertical que, acionado por cilindros pneumáticos e sustentado por ventosas, é capaz de locomover-se em superfícies de vidro, realizando serviços de limpeza em edifícios, ou até mesmo fazendo a instalação de anúncios publicitários.

Para músicos, instrumentistas, compositores, escolas de música e estúdios de gravação, alunos da 4ª série do curso de Engenharia de Controle e Automação criaram o Musicalle, um software que escreve e edita partituras de um instrumento solista e auxilia na edição da obra escrita, inclusive quando o músico cria a canção de ouvido e necessita escrevê-la ou informar ao instrumentista o que deve ser tocado.

Negócios – A tecnologia precisa caminhar ao lado de uma boa gestão para que a sociedade tenha benefício efetivo. Nessa linha, a área de administração também tem seu espaço garantido nessa Eureka. Um exemplo, é o fast-food itinerante, um plano de negócios desenvolvido por formandos do curso de Administração, que propõe um diferente tipo de disposição e estruturação física para restaurantes, lanchonetes ou qualquer empresa do ramo de alimentação com serviço fast-food, que permite o deslocamento do conjunto de uma cidade para outra. O projeto possibilita a adequação às características da demanda local e ao perfil do consumidor de cada região.

A Eureka 2010 é tudo isso e um pouco mais, e pode ser visitada pelo público em geral, com entrada franca. Informações e inscrições pelo site www.maua.br

Serviço: EUREKA 2010
Período: 15 a 17 de outubro
Horário: das 14h às 22h (dia 15/10); e das 14h às 20h30 (dias 16 e 17/10).
Local - Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia - Campus de São Caetano do Sul - Praça Mauá 1 - São Caetano do Sul - SP

Sobre o Instituto Mauá de Tecnologia - IMT

O Instituto Mauá de Tecnologia - IMT é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, cujo objetivo principal é promover o ensino técnico-científico, visando à formação de recursos humanos altamente qualificados, que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico do País. Fundado em dezembro de 1961, o IMT, com campi em São Paulo e São Caetano do Sul, mantém duas unidades: Centro Universitário e Centro de Pesquisas.

O Centro Universitário oferece cursos de graduação em Administração, Design do Produto e Engenharia, além de cursos superiores de tecnologia em Gestão Ambiental e em Gestão da Tecnologia da Informação. Na pós-graduação são oferecidos cursos de aperfeiçoamento, especialização e MBA nas áreas de Administração, Gestão e Engenharia e é desenvolvido programa de Mestrado em processos químicos e bioquímicos.

O Centro de Pesquisas dispõe de um quadro de técnicos e engenheiros e, há mais de 40 anos, desenvolve tecnologia para atendimento de necessidades da indústria, além de proporcionar estágios aos alunos do Centro Universitário, que assim complementam sua formação profissional.