Engenharia Mecânica

O Engenheiro Mecânico, no decorrer de seu curso de graduação, adquire conhecimentos  nas áreas de: projeto de máquinas, equipamentos e instalações, manufatura,  processos de fabricação, automação, conversão de energia, materiais de construção mecânica, gerenciamento técnico, econômico, ambiental, gestão do trabalho e legal - comercial e tributária.

A Engenharia Mecânica é uma das mais abrangentes modalidades da Engenharia. Ela trata de tudo o que se move, de brinquedos a fábricas (com tudo o que está dentro), passando por eletrodomésticos, embarcações, veículos etc. Além disso, ela trata de instalações de conversão de energia como hidroelétricas e termoelétricas, instalações de ar-condicionado, de geração de vapor, frigoríficas, entre outras.

A Engenharia Mecânica concebe soluções para satisfazer necessidades da sociedade com tecnologias apropriadas. Para tanto, projeta e desenvolve processos de fabricação de produtos consumidos no cotidiano, de máquinas e equipamentos industriais e de instalações industriais e de geração ou transformação de energia.

Dependendo da área onde for trabalhar, o Engenheiro Mecânico poderá desenvolver atividades nas seguintes áreas:

  • Projeto: concebe e desenvolve produtos de consumo, projeto de máquinas, instalações industriais e também equipamentos de processos; .
  • Fabricação: desenvolve processos, ferramentas e meios para fabricar máquinas e produtos; administra a manufatura;
  • Manutenção: desenvolve e aplica técnicas para garantir que máquinas e instalações estejam sempre operantes;.
  • Serviços: utiliza competências técnicas e gerenciais em compras, vendas, marketing industrial e assistência técnica de produtos de alta tecnologia.

O Engenheiro Mecânico pode trabalhar na indústria de base (mecânica, metalúrgica, siderúrgica, mineração etc.); na indústria de transformação (plástico, têxtil, construção civil etc.); na indústria de produtos ao consumidor (alimentos, eletrodomésticos, brinquedos etc.); na produção de veículos (automóveis, ônibus, caminhões, trens, metrô, construção de estradas e barragens, máquinas agrícolas etc.); na indústria aeronáutica e naval; no setor de instalações (indústrias, geração de energia, refrigeração e ar-condicionado etc.) e nas indústrias que produzem as máquinas e equipamentos para todas as aqui citadas.

A partir de 2017 os candidatos podem escolher a duração dos cursos de Engenharia Noturno, de 5 ou 6 anos. O curso de 5 anos tem mais disciplinas por série e, consequentemente, uma carga horária semanal maior. A carga horária total é a mesma nas duas opções.

Coordenador

Joseph Youssif Saab Junior Joseph Youssif Saab Junior Mais Informações

Campus de São Caetano do Sul

4
Diurno
Duração: 5 anos
Horário: 26 horas/semana distribuídas de 2ª. a 6ª. entre 07:40 e 18:30 e sábados entre 07:40 e 13:00*
Mensalidade: R$ 2.717,52
Noturno
Duração: 5 anos
Horário: 26 horas/semana distribuídas de 2ª. a 6ª. entre 19:00 e 22:30 e sábados entre 07:40 e 15:00*
Mensalidade: R$ 2.717,52
Noturno
Duração: 6 anos
Horário: 20 a 24 horas/semana distribuídas de 2ª. a 6ª. entre 19:00 e 22:30 e sábados entre 07:40 e 15:00*
Mensalidade: R$ 2.264,34

*Pode haver oferta de atividades optativas ou de dependência fora dos horários apresentados.

Mais informações

Esclarecimentos adicionais podem ser obtidos pelo telefone 0800 019 3100.

Compartilhe