Engenharia de Embalagem com Ênfase em Inovação

Diferencial

O curso se diferencia por apresentar a visão sistêmica e interdisciplinar da inovação no Sistema Embalagem, alicerçada na formação do conhecimento. Para tanto, tem, em seu corpo docente, professores com grande vivência industrial e acadêmica acumuladas ao longo de sua vida profissional. Os docentes procuram induzir os alunos a "reconstruir" o conhecimento aplicado em vez de apenas reproduzi-lo. O intercâmbio internacional com a Michigan State University - The School of Packaging - é oportunidade única oferecida aos alunos. É possível cursar disciplinas, participar de projetos oferecidos por aquela instituição ou desenvolver o mestrado.

Objetivo

Capacitar profissionais para atuarem no Sistema Embalagem como gestores e colaboradores criativos, inovadores, questionadores e bons negociadores em empresas fabricantes e usuárias de embalagens.

Enfatizar o conhecimento e a inovação como alicerce para a construção da vantagem competitiva do Sistema Embalagem, que representa cerca de 10 % faturamento de empresas.

Público-alvo

Profissionais graduados interessados na especialização técnica focada na inovação para atuar nas empresas fabricantes e usuárias de embalagens e nas prestadoras de serviços para o setor.

Coordenação

Antonio Carlos Dantas Cabral

Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas.

Módulos do curso

Inovação em Embalagem

Conhecimento e Inovação

28 h

Apresentar roteiro para formar e gerenciar o conhecimento como alicerce para a inovação e a vantagem competitiva. Discutir a economia do conhecimento e da inovação. Apresentar mecanismos para identificar e explorar oportunidades de inovação e ferramentas de gerenciamento do processo de inovação.

Design e Inovação em Embalagem

36 h

Desenvolver um projeto de Design & Inovação na Embalagem com base num briefing entregue por uma empresa do mercado. O projeto é desenvolvido com base no livro “Inovação na Embalagem” e apresentado à empresa apoiadora.

Negociação para Inovar em Embalagem

28 h

Instrumentar os alunos para a aplicação cotidiana das habilidades fundamentais ao profissional que se interessa pela inovação em embalagem. Desenvolver habilidades de soluções de conflitos, e aprender técnicas para influenciar pessoas a fim de obter sucesso em uma negociação para inovar em embalagem. Estudos de casos colocam o participante como protagonista na construção do conhecimento para a inovação.

Visão Sistêmica da Inovação em Embalagem

28 h

Apresentar a embalagem como um sistema aberto que deve ser permanente objeto de inovações incrementais, radicais ou disruptivas, de produto, de processo, organizacionais e de marketing. Apresentar os conceitos de custo e de valor sistêmicos e como eles podem ser utilizados para guiar as atividades inovadoras que permitem vantagem competitiva para a empresa.

Materiais de Embalagem: Tipos e Aplicações

Embalagem para Alimentos

16 h

Estudar a deterioração de alimentos como base para o projeto de embalagem, com o foco nos principais tipos de alimentos e na proteção requerida por eles.

Celulósicos

16 h

Estudar os tipos, fabricação e principais propriedades e aplicações do papel, do cartão e do papelão ondulado. As aulas são ministradas no Campus São Caetano do Sul e no SENAI Theobaldo de Nigris.

Embalagem para Cosméticos

16 h

Estudar as principais características dos cosméticos – aplicações, deterioração e atratividade para o consumidor - como base para o projeto de embalagem.

Embalagem para Produtos Farmacêuticos

16 h

Estudar as principais características dos produtos farmacêuticos – aplicações e deterioração - como base para o projeto de embalagem.

Embalagem para Produtos de Limpeza Doméstica

16 h

Estudar as principais características dos produtos de limpeza doméstica - aplicações e deterioração - como base para o projeto de embalagem.

Aço e alumínio

12 h

Estudar os principais tipos de embalagens de aço e alumínio, os processos de fabricação e de revestimento interno (vernizes), propriedades e aplicações.

Polímeros

16 h

Apresentar a estrutura e as principais propriedades físicas, químicas e reológicas de polímeros.  Estudar os processos de transformação de termoplásticos: filmes flexíveis e planos, embalagens rígidas e semirrígidas.

Vidros

12 h

Estudar os principais tipos, processos de fabricação, propriedades e aplicações de vidro. Aula ministrada na Wheaton Vidros.

Sistema Embalagem

Compras no Sistema Embalagem

16 h

Estudar os principais modelos de compras de materiais (Kraljic, Monczka, entre outros) e sua aplicação no Sistema Embalagem.

Custos no Sistema Embalagem

20 h

Apresentar e aplicar os principais conceitos para cálculo de custo sistêmico.

Equipamentos para o Sistema Embalagem

20 h

Estudar os principais equipamentos utilizados no Sistema Embalagem, a eficiência da linha de envase (OEE), as interações entre máquinas e materiais de embalagem e apresentar metodologia de compra de equipamentos.

Lean & Kaizen no Sistema Embalagem

20 h

Apresentar e aplicar os principais conceitos de Produção Enxuta (Lean Production) e Melhoria Contínua (Kaizen) no Sistema Embalagem.

Logística no Sistema Embalagem

12 h

Apresentar os principais conceitos da logística no Sistema Embalagem, com o foco na movimentação interna dos insumos

Produção Mais Limpa (P+L) no Sistema Embalagem

12 h

Apresentar e aplicar os principais conceitos de Produção mais Limpa (P+L) no Sistema Embalagem.

Sistema Embalagem

20 h

Definições, funções e terminologia utilizados no Sistema Embalagem. A embalagem como um complexo sistema que engloba materiais, acessórios, equipamentos, recursos humanos e ambientais. Monitoramento do sistema pela ferramenta o Diagnóstico do Sistema Embalagem que orienta o levantamento de todas as informações fundamentais para a correta tomada de decisões com base no indicador custo sistêmico. Novas tecnologias e tendências. Estudo de casos.

Corpo Docente

Antonio Carlos Dantas Cabral

Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas.

Aparecido Roberley Borghi

Mestre em Administração pelo IMES, Especialista em Administração Indl pela USP, e em Planejamento e Gestão Estratégica de Marketing pela FSA, Graduado em Tecnologia de Processos de Produção pela FATEC.

Edison Toporcov

Engenheiro Mecânico, Foi Diretor Industrial Wheaton Brasil Vidros, Experiência em indústria vidreira. Atua como Consultor Técnico.

Elcio de Sousa

Graduado pela Universidade de Florianópolis e pela Universidade de Guarulhos. Experiência como Supervisor na área de Embalagens. Diretor na Escola SENAI.

Fabio Mestriner

Especialista em Design e Inteligência de embalagem, atualmente dedicado a projetos exclusivos na área de embalagem e a produção de livros didáticos neste tema. Diretor da Fabio Mestriner Design & Inteligência de Embalagem Ltda.

Guilherme Brammer

Engenheiro de Materiais pela Universidade Mackenzie, especialista em Marketing pela USP e em negócios sustentáveis pela FGV-SP. Tem experiência em negócios B2B em produtores de matérias-primas para indústria. Especialista em Economia Circular fundou a Boomera, reconhecida pelo World Economic Forum e revista Entrepreneur como umas das cinco startups que estão tornando a América mais sustentável. Apoia grandes empresas a transformar a forma de produção em um modelo mais circular. Foi escolhido Empreendedor Social 2016 pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, Profissional do Ano 2016 pela Embanews.

Julio Cesar Legramanti Neves

Graduado em Desenho Industrial pela Universidade Santa Cecilia. Pós-graduado em Administração Industrial pela USP. Consultor em Inovação e em Desenvolvimento de Embalagem. Professor do SENAI.

Luis Fernando Dagnoni Cassinelli

Graduado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos. É conselheiro em Exercício da Associação Nacional  de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Conselho Superior de Inovação e Competitividade – Fiesp (Conic). Na FAPESP, é Coordenação de Área - Pesquisa para Inovação PPP 1.

Nicolas Isidoro Oliva

Pós Graduado em Liderança pela IAE Business School-Buenos Aires. MBA em Logística e Supply Chain pela FGV. MBA em Direção de Empresas pela Universidade Del Cema UCEMA-Buenos Aires. Engenheiro Industrial pela Universidade Nacional de La Plata-Buenos Aires.

Norberto Giuntini

Mestre em Controladoria e Contabilidade Estratégica pela FECAP. Especialista em Controladoria pela FGV. Graduado em Economia pelo Mackenzie e em Ciências Contábeis pela UNIP. Experiência nas áreas de Auditoria e Controladoria em empresas de grande porte.

Paulo Eduardo do Rio Vieira Pereira

Graduado em Engenharia Civil pela FAAP, Pós-graduado em Administração de Empresas pela FAAP. Sócio Diretor e Executivo de Novos Negócios da Prodesign - Agência de Design de Embalagem.

Rossana Ribeiro do Prado Raffaelli

Doutoranda em Psicologia da Saúde na UMESP. Mestre em Ciências Contábeis pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado. Graduada em Administração pela Mauá. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis.

Vivian Borges

Bacharelado e Licenciatura Plena em Química pelo Centro Universitário Fundação Santo André.  Especialização em Cosmetologia pelas Faculdades Oswaldo Cruz. Mestrado em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos pelo Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia. Microempresária. Professora visitante da CINTEP/PB, SENAC /SC e IMT/SP. Consultora na área de química, com ênfase em cosmetologia, focada em educação, engenharia de produção e indústria cosmética.

Wanderlei Marinho

Engenheiro eletricista pela Universidade Santa Cecília. Especialização pela University of Manchester Institute of Science and Technology - UMIST, Manchester, Inglaterra. Mestrado e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - USP. Curso: Business and Management for International Professionals na University of California, Irvine - EUA. Curso: Negotiation for Senior Executives na Harvard University em Cambridge - EUA. Curso: Executive Program on Project Management na The George Washington University School of Business em Washington DC - EUA. Membro do Project Management Institute - PMI-EUA, e PMI Chapter São Paulo. Revisor do IEEE - Institute of Electrical and Electronics Engineers - EUA. Membro da Society of Automotive Engineers - SAE - Brasil, onde atua no Comitê de Veículos Elétricos e Híbridos. Professor de cursos de MBA da Fundação Getúlio Vargas – FGV e do Instituto Mauá de Tecnologia - IMT.

>