Estratégia Organizacional da Indústria 4.0

Objetivo

Capacitar os profissionais a:

  • Entender como mapear um processo para inseri-lo no contexto de indústria 4.0;
  • Identificar o atual índice de maturidade das organizações para direcionar recursos e investimentos de forma competitiva, durante o processo de implementação do conceito 4.0;
  • Atuar de forma ativa na transformar de processos para funcionar em um ambiente digital;

Preparar planos de negócios para as soluções digitais propostas.

Público-alvo

Profissionais das áreas de Engenharia, Administração, Tecnologia, Medicina, Biologia, Matemática, Estatística, Design, Arquitetura, Agronomia, Tecnologia da Informação e Telecomunicações, além de empreendedores e interessados em geral.

Coordenação

Antonio Carlos Dantas Cabral

Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas.

Ari Nelson Rodrigues Costa

Engenheiro Eletrônico pela POLI/USP, Físico pela USP, pós-graduado em Engenharia da Qualidade pela POLI/USP, em Engenharia de Embalagem pela Michigan State, e em Engenharia de Processos Industriais pelo IMT. Mestre em Engenharia Industrial pelo IMT. Doutorando em Sistemas Agroindustriais Sustentáveis pela UNICAMP. Experiência internacional em transferência de tecnologia, atuando nas áreas de automação, telecomunicações, gestão de produto, processos, qualidade de indústrias de diversos segmentos. Professor do Centro Universitário da Mauá. Pesquisador do Centro de Pesquisas do IMT no Núcleo de Sistemas Produtivos Inteligentes.

Camilla Dojicsar Alves de Macedo

Mestranda em Engenharia Mecânica na FEI, pós-graduada em Gerenciamento de Projetos pela USP e graduada em Engenharia de Produção pela FEI, atuou em diferentes departamentos industriais como Indústria 4.0, otimização de processos, engenharia de projetos, produção, sistemas de qualidade, EHS, inovação, gestão do conhecimento e TI. Suas experiências incluem gestão internacional de pessoas, fornecedores e projetos. Professora da disciplina  "Gerenciamento de Sistemas Produtivos Inteligentes" do Curso de Engenharia de Produção da Mauá.

Disciplinas

Avaliação do Nível da Maturidade 4.0 das Indústrias

32 h

Apresentar metodologia para identificar o nível de maturidade das organizações em termos de Indústria 4.0, utilizando o conceito global da ACATECH - Academia Alemã de Ciências e Engenharia. Sugerir estratégias de alocação de recursos e investimentos de forma assertiva e competitiva. Estudar e analisar casos práticos.

Gerenciamento estratégico do plano de investimento

44 h

Apresentar ferramentas para avaliar investimentos em tecnologias digitais a partir de demonstrativos financeiros. Sugerir estratégias de investimento para implantação em sistemas produtivos de diferentes graus de complexidade. Demonstrar como criar planos de negócios para agilizar tomadas de decisão. Apresentar as lições aprendidas e boas práticas já obtidas pelas indústrias.

Gestão de Projetos Digitais

44 h

Introduzir a metodologia de mapeamento de processos para torná-los padronizados, melhorados, atualizados e gerenciáveis. Estudar e analisar casos práticos.

Corpo Docente

Antonio Carlos Dantas Cabral

Doutor em Engenharia de Produção pela USP. Mestre em Food Science - RUTGERS - The State University of New Jersey. MBA em Marketing pela FGV. Engenheiro de Alimentos pela Unicamp. Experiência como gestor de desenvolvimento de sistemas de embalagem em grandes empresas.

Ari Nelson Rodrigues Costa

Engenheiro Eletrônico pela POLI/USP, Físico pela USP, pós-graduado em Engenharia da Qualidade pela POLI/USP, em Engenharia de Embalagem pela Michigan State, e em Engenharia de Processos Industriais pelo IMT. Mestre em Engenharia Industrial pelo IMT. Doutorando em Sistemas Agroindustriais Sustentáveis pela UNICAMP. Experiência internacional em transferência de tecnologia, atuando nas áreas de automação, telecomunicações, gestão de produto, processos, qualidade de indústrias de diversos segmentos. Professor do Centro Universitário da Mauá. Pesquisador do Centro de Pesquisas do IMT no Núcleo de Sistemas Produtivos Inteligentes.

Dalciana Waller

MBA em gestão empresarial na FGV e mestre em simulação, controle e otimização de processos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tem graduação em Engenharia química, pela UFRGS e dupla-diplomação em Engenharia generalista na École Centrale Paris. Atuou em indústrias multinacionais gerenciando projetos de engenharia (CAPEX) e  executando  avaliações econômico-financeiras de projetos e negócios nacionais e internacionais.

Jose Antonio Franco Ferrari

Mestre em Gestão Integrada (Senac), pós-graduado em Administração de Empresas (USP), graduado em Engenharia Química (UNICAMP), Especialização em Gerenciamento de Operações e Redução de Perdas (ILCI – USA) e Black Belt (Dow – USA). Gestor em diferentes culturas e diferentes empresas no Brasil e no exterior, liderando a implementação de Times de Alta Performance e de mudança organizacional e cultural (Empowerment). Experiência em otimização de processos produtivos, Supply Chain e EHS. Atualmente é Diretor de Projetos de Excelência Operacional e da implementação da Industria 4.0 na Symnetics Consultoria.

Leonardo Chwif

Engenheiro Mecâtronico, Mestre em Engenharia Mecânica e Doutor em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo. Professor da Escola de Engenharia Mauá e da Escola de Administração Mauá. Professor e supervisor do curso de MBA em Gestão de Projetos do Unifieo. Consultor em simulação de processos na empresa Simulate Tecnologia de Simulação Ltda. Possui vasta experiência na área de Gestão e Engenharia de Produção, com ênfase em Modelos de Simulação de Eventos Discretos.

Mauro José Sandri

Engenheiro eletricista pela Faculdade de Engenharia de Sorocaba (FACENS), 1982; pós-graduado em administração de empresas pela Faculdade Armando Álvares Penteado (FAAP), 1992; especialização em gestão da inovação Open Innovation pela Escola Politécnica da USP, 2010. Durante 25 anos atuou na Festo Brasil como responsável pelas áreas de projetos de sistemas de automação, inovação tecnológicos e P&D. Possui experiências profissionais nos segmentos automotivo, alimentício e em indústrias de transformação. Consultor especialista do Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia em IoT e tecnologias de sensoriamento de máquinas e equipamentos industriais.

>