Comissionamento Virtual

Grupo de Pesquisa: Comissionamento Virtual.

Local: Laboratório de Comissionamento Virtual (R-210).

Professores pesquisadores:

Prof. Dr. Antonio C. D. Cabral (acabral@maua.br) - Interlocutor
Prof. Ms. Ari Nelson Costa (ari.costa@maua.br) - Professor da Pós-graduação em Engenharia de Embalagem e Doutorando da FEA / UNICAMP - Colaborador
Prof. Ms. David. G. Penof (dapenof@maua.br)
Prof. Ms. Eduardo Linzmayer (elinz@maua.br)
Prof. Dr. Enrique Rodriguez Ortega (ortega@unicamp.br) - Professor da FEA / UNICAMP - Convidado
Prof. Dr. Flávio D'Ângelo P. Silva (dangelo@maua.br)
Prof. Ms. Gilberto Freire (gfreire@maua.br)
Prof.ª. Martha Maganha (marthamaganha@maua.br)
Prof. Ms. Jorge Kawamura (Jorge.kawamura@maua.br)
Prof. Ms. Wilson I. Pereira (wilson@maua.br)

Descrição: O Laboratório de Comissionamento Virtual instalado no Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia dispõe de recursos de software e hardware para planejar instalações produtivas e simular sua utilização. Estas atividades permitem grande economia de tempo e recursos a empresas, abreviando o tempo de implantação de novas unidades fabris ou modificação dos recursos existentes e reduzindo os riscos associados a estas atividades. A proposta deste grupo de pesquisa é consolidar as atividades relacionadas à simulação de processos, entendidos como fluxos de materiais e/ou de informações. Para levar a efeito essas simulações, estão disponibilizadas as licenças acadêmicas dos seguintes softwares: Catia V6 (Dassault Systèmes), Plant Simulation (Siemens AG), Simul8 (Simul8 Corporation), PLM 360 (AutoDesk) e Witness (Lanner).

A metodologia desenvolvida pelos professores pesquisadores pode ser resumido em 5 passos: 1) mapear os processos; 2) padronizar os procedimentos; 3) cronometrar os procedimentos padronizados; 4) virtualizar os processos cronometrados; 5) elaborar propostas de melhoria e simular cenários de implementação.
Os trabalhos em desenvolvimento podem ser aplicados em: a) empresas de médio e grande portes, ao estabelecer parcerias para desenvolvimento em conjunto de projetos, gerando capacitação técnica tanto para a empresa quanto para o Instituto; b) micro, pequenas e parte das médias, para apoiá-las nas atividades relacionadas ao aumento da sua competitividade, especialmente no tocante ao equacionamento e solução de problemas no planejamento e controle da produção e a dificuldade de gerenciamento dos processos; c) centros urbanos interessados em adicionar valor aos resíduos gerados no seu cotidiano.


Principais linhas de pesquisa:

  • Apoio ao Aumento da Competitividade das Micro, Pequenas e Médias Empresas;
  • Comissionamento Virtual;
  • Eficiência Operacional em Linhas de Envase;
  • Adição de Valor aos Resíduos Sólidos Urbanos;
  • Logística e Movimentação Interna em Unidades Fabris (em formação).


Principais projetos de pesquisa:

  • Formação de Competências para Atuar num Escritório de Prestação de Serviços Tecnológicos para Apoio à Competitividade de Micro e Pequenas Indústrias;
  • Adaptação Eficiência Global dos Equipamentos (OEE) às Pequenas e Médias Empresas de Alimentos;
  • Formação de Competências em Comissionamento Virtual (Projeto conjunto IMT / ThyssenKrupp / IPDMAQ / CNPq);
  • Criação de Modelo de Adição de Valor ao Resíduo Sólido Urbano Oriundo de Coleta Seletiva:
  • Recuperação Energética de Embalagens Plásticas Mistas Pós-Consumo: Energia, Emissões e Balanço Ambiental.