Motores de Combustão Interna

Grupo de Pesquisa: Motores de Combustão Interna.

Local: Laboratório de Motores de Combustão Interna (Bloco M).

Professores pesquisadores:

Prof. Dr. Celso Argachoy (celso.argachoy@maua.br) - Interlocutor
Prof. M.Sc. Clayton Barcelos Zabeu (clayton@maua.br)
Prof. Eng. Renato Romio (romio@maua.br)

Descrição: O Grupo de Pesquisa em Motores de Combustão Interna tem o objetivo de desenvolver uma abordagem abrangente de pesquisa. Os temas abordados vão desde a pesquisa básica sobre a fenomenologia da formação e evolução de "sprays" de etanol e sua combustão, até arquiteturas que ligam o motor ao veículo. Também poderão ser tratados temas como tribologia, mecânica dos fluidos, termodinâmica, transferência de calor, ruído e análise de vibração, sensores, atuadores e controle. Estes temas são tão diversos e ao mesmo tempo tão interligados que apenas a reunião de um grupo de pesquisa com diferentes habilidades pode enfrentar esses desafios.

Principal linha de pesquisa: A principal atividade será estudar experimentalmente a utilização de combustíveis alternativos em motores de combustão interna. A ênfase inicial é de estudar um conceito avançado de motor a etanol avaliando o impacto de sistemas de injeção de combustível e projetos de sistemas de admissão de ar sobre o desempenho, emissões e características de combustão, com diferentes misturas de etanol anidro, água e gasolina.

Principais projetos de pesquisa:

Projeto financiado pela FAPESP e pela PSA Peugeot Citroen para o desenvolvimento de um conceito avançado de motor a etanol. A participação do IMT neste programa de pesquisa prevê avaliações experimentais em dinamômetro em um motor básico modificado para funcionar com etanol, visando explorar as várias possibilidades de redução do deslocamento volumétrico ("downsizing") e da rotação ("downspeeding"). Também serão feitas avaliações em motores multicilindricos, a partir da solicitação dos outros grupos de pesquisa que compõe este projeto. Outro projeto importante é o da investigação sobre o processo de ignição induzido pela vela incandescente na câmara de combustão de motores do ciclo Diesel, a fim de desenvolver uma estratégia de ignição destes motores funcionando com etanol hidratado, visando otimizar o rendimento no uso deste combustível. A investigação é focada nos parâmetros básicos em relação a vela incandescente, como sua temperatura e seu posicionamento relativo na câmara de combustão. Serão também otimizadas as condições de injeção de combustível, especialmente em relação a pressão e a taxa de injeção. Para os estudos da iteração entre o spray de combustível e a superfície da vela incandescente, são previstos experimentos no LCPE - Laboratório de Combustão, Propulsão e Energia do ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica, que apoiará este projeto através de um programa de pós-doutorado.