Objetivos do Curso

O Instituto Mauá de Tecnologia capacita o profissional da Engenharia Química para exercer as seguintes competências de mercado:

  1. Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à Engenharia;
  2. Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
  3. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
  4. Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de Engenharia;
  5. Identificar, formular e resolver problemas de Engenharia;
  6. Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas;
  7. Supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;
  8. Avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;
  9. Comunicar-se eficientemente nas formas escrita, oral e gráfica;
  10. Atuar em equipes multidisciplinares;
  11. Compreender e aplicar a ética e responsabilidade profissionais;
  12. Avaliar o impacto das atividades da Engenharia no contexto social e ambiental;
  13. Avaliar a viabilidade econômica de projetos de Engenharia;
  14. Assumir a postura de permanente busca de atualização profissional.

A Mauá busca fundamentar os conhecimentos tecnológico e de Engenharia sobre um sólido conhecimento científico para preparar um profissional capaz de acompanhar o desenvolvimento tecnológico nas seguintes premissas:

  1. Ensino-aprendizagem como processo continuado ? deve ser dada ênfase em ensinar a aprender. Tanto o aluno quanto o profissional já formado devem estar abertos a novas ciências, novos métodos, novos conceitos e também entender que o processo de aprendizagem ocorre durante toda a vida;
  2. Criatividade e experimentação ? o currículo de Engenharia Química deve proporcionar a possibilidade de aprendizado incidental, incentivando, também, a escolha de métodos; a autonomia, a inovação e a experimentação;
  3. Estrutura curricular flexível com disciplinas eletivas ? para ser possível acompanhar mudanças e tendências tecnológicas;
  4. Adoção do conceito de que o docente é, fundamentalmente, docente do curso e não da disciplina. Com isso, estimula-se a atuação de docentes em áreas que se intercomuniquem, para permitir que tenham visões múltiplas do processo de formação, favorecendo a visão global do ensino.

Além da especialização, a Mauá pretende capacitar o engenheiro químico a:

  1. Desenvolver processos e produtos químicos e bioquímicos industriais;
  2. Saber tratar com os aspectos legislatórios, éticos, ambientais, perigos e riscos envolvidos na fabricação, transporte e distribuição, armazenamento, uso e disposição final de produtos químicos e alimentícios;
  3. Garantir a qualidade especificada para produtos e processos;
  4. Gerir o ambiente industrial.